domingo, 6 de outubro de 2013

Filme Camille Claudel

Olá artistas e arteiros!

Sim, eu estou sumida, final de bimestre para professora é duro viu, ainda mais produzindo peça de teatro (piorou e muito)! Porém não esqueci do blog e acho que vou ter muito assunto para escrever este mês.

Hoje eu vim deixar uma dica de filme, Camille Claudel, de 1988 .
Que vergonha, não tinha assistido ao filme ainda! Fui com meu marido a uma loja de departamentos no shopping de Mogi Guaçu e achei esse DVD lindo para vender.
Deve ter para assistir online, mas como a internet na minha casa é péssima,rs, ainda prefiro ter o bom DVD. Meu marido lindo me deu de presente. S2 S2 :D . #Te amo seu lindo!#
 Algumas lojas online estão vendendo só que nesta, onde comprei, pelo site, não tem mais.

 Quem acompanha meu blog já conhece a história porque eu fui assistir a peça teatral que basicamente têm a mesma história do filme. Só que, lógico, no filme foca-se mais o drama de Camille e sua criação. Para quem não sabe ela era exímia escultura, foi ajudante de Rodin (sim, o escultor da obra "O pensador"!), depois acabou tornando-se amante dele e assim renegada na sociedade parisiense (ele já era casado). Imaginem, naqueles anos de 1880 uma mulher superando um artista homem e sendo amante dele...Só podia dar problema, para ela...
O filme é forte, recomendado para maiores de 16 anos.Rodin era meio tarado,kkkk.
Gostei também por mostrar o ambiente artístico e cultural na França, até um quadro de Van Gogh, a torre Eifell sendo construída e o compositor Debussy dão as caras no filme. Para você que está achando que Debussy  não é estranho, com certeza já deve ter ouvido esta música no filme Crepúsculo ou na novela quando a noiva fantasma aparece ( de "Amor a vida") kkkk.
 Ouçam "Claire de lune".






Cinco girassóis de Van Gogh para o filme Camille Claudel !



Bom domingo para vocês, amanhã já tem outro post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário