sábado, 9 de novembro de 2013

Qual lápis aquarelável "aquarela" melhor?

Oi gente pitoresca, tudo bem?

Ainda em testes com aquarela hoje venho falar de uma questão que, a maioria das pessoas, quando vai comprar um lápis aquarelável não pensa muito: o pigmento vai ficar bonito se for transformado em tinta?

Pois é, não sei se em outros países é assim (acho que não,kkk), mas aqui no Brasil lápis aquarelável virou sinônimo de lápis de cor macio para pintura, tamanha a falta de qualidade da maioria das marcas que apareciam aqui, duras que nem um pau ou enceradas como um giz de cera que parecia estar desbotado.

Lembro que quando comecei a me dedicar ao desenho minha professora foi bem clara em relação a isso, e olha que isso faz teeeeeeempo #josivelha#

Graças a Deus a coisa deu uma melhorada, como  vocês podem ver nos meus posts anteriores temos já algumas marcas com lápis não aquareláveis bem dignas. Então, se a sua ideia não é tacar água no desenho pode optar por este lápis de cor "normal", que também são mais baratos.

Vamos ao teste!

Peguei os lápis de cor aquareláveis que tinha em casa. Fiz a seguinte legenda para vocês entenderem:

A - Acrilex
S - Staedtler (escolar com peixinho na capa,rs)
F - Faber (escolar com peixinho na capa,rs)
C - Caran d'Ache (o escolar gente!)


Aqui vocês podem ver os pigmentos do lápis sem aquarelar. Infelizmente eu não tinha o mesmo tom de verde para poder comparar em todos, então peguei os mais parecidos. O da Acrilex já não ficou muito bom....


Comecei então a jogar água. O Acrilex achei que ficou bem suave, até demais. O Caran d'Ache foi um pouco melhor.

Neste quesito aquarelar para minha pessoa os campeões foram a Faber e a Staedtler. As cores ficaram bem fortes! Se fosse para desempatar daria o prêmio para a Staedtler porque aquarelou tudinho, não ficou manchado. Cinco girassóis de Van Gogh para ele!

Espero que tenha ajudado e que vocês façam compras mais conscientes.

Até mais pessoal!


2 comentários: