quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Desenho em grafite do João. Resenha dupla: papel aquarela Canson e lápis 9B Cretacolor

Oi povo arteiro e artista!

Eu estou super feliz porque depois de algum tempo consegui fazer um retrato em estilo mais realista. Adoro fazer croquis, mas fazer retratos é uma das minhas paixões e o escolhido para ganhar um retrato foi meu sobrinho João, que está de aniversário hoje!



Fiz todas as medições e achei melhor dividir a folha em cruz e também com um xis. É uma dica boa para você, que como eu, detesta quadricular desenhos.






Neste desenho usei diversos materiais e resolvi inovar, testando este papel aquarela da Canson. Ele é bem duro (300g/m²) e eu amei isso. Quem nunca ficou com medo de apagar e amassar o papel? Ele também, apesar de estar escrito “aquarela” pode ser usado com outros materiais como o lápis 9B. Ele tem dois lados, um mais liso e outro com uma leve ondulação, que acho que vai ser bom para lápis de cor, giz pastel e aquarela. Eu usei o lado mais liso.
 


 




Para desenhar e fazer alguns detalhes do cabelo usei a lapiseira da Faber com grafite 2B e para clarear e apagar  e desenhar alguns brilhos e fios de cabelo usei meu limpa-tipos (borracha artística) e na pele muito esfuminho n° 2.

Achei o lápis 9B ótimo, tá aprovado no quesito maciez e durabilidade e "escurabilidade", hehehehe. Também é bom para apontar.


Então pessoal, papel e lápis 9B aprovados! Ótimo investimento. Cinco girassóis para os dois!


2 comentários: